Por que é importante se manter hidratado?

Nestes dias de sol com temperaturas difíceis de manter, manter-se hidratado é o primeiro conselho de saúde dado. Se durante o verão insistimos tanto na hidratação dos organismos, é porque os riscos envolvidos são infelizmente conhecidos e muito frequentes.

Portanto, é especialmente nas crianças e nos idosos que pensamos primeiro. Ambos não têm ou não têm mais a capacidade de atender com eficácia às necessidades de água de seus corpos. Os primeiros, na verdade, ainda não conseguem verbalizá-la ou nem sempre têm reflexo para se hidratar, enquanto os segundos perdem com o tempo a sensação de sede, regulada pelo hipotálamo.

Por que hidratar bem ?

No entanto, é em todas as estações que devemos “hidratar bem” e está claro que a desidratação crônica é uma doença não reconhecida da qual nossos corpos sofrem secretamente.
Os danos da sub-hidratação são, de fato, corroborados por muitas pesquisas. O trabalho do Dr. Batmanghelidj, autor de Your Body Calls for Water, é particularmente esclarecedor sobre o assunto.

Em seu livro, ele demonstra como muitas de nossas doenças são, simplesmente, falta de água.
Fadiga, prisão de ventre, distúrbios gástricos e digestivos, hipertensão e hipotensão, distúrbios respiratórios, excesso de peso, eczema, infecções do sistema urinário, reumatismo, excesso de colesterol ruim, envelhecimento precoce são todos desequilíbrios que podem estar associados à desidratação crônica.

De forma mais geral, e em toda a lógica naturopática, a falta de água leva à acidificação da terra por duas razões :

  • Uma boa hidratação permite um bom funcionamento enzimático, garantindo a realização das transformações bioquímicas no nosso organismo.
  • Os órgãos emuntórios responsáveis ​​pela eliminação dos ácidos (pele e rins) precisam de água para seu funcionamento.

O equilíbrio ácido-base é um pilar de um corpo saudável :

Considerando a sua presença no nosso corpo, podemos facilmente compreender que a água é um elemento fundamental para a nossa saúde.

A água desempenha inúmeras funções vitais :

  • Transporte de nutrientes
  • Hidratação e comunicação celular
  • Respiração (por umidificação de oxigênio)
  • Amortecimento nas juntas
  • Regulação da termogênese
  • Eliminação de toxinas
  • Equilíbrio hidroelétrico
  • etc.

A hidratação como importante gesto de saúde é subestimada

Mas tenha cuidado, manter-se hidratado não é apenas beber. É sobre quanto e mais importante o que beber.
Estima-se que seja necessário diariamente um litro de água para cada 30 quilos de peso corporal, ou 2 litros para uma pessoa de 60 quilos. Este “padrão” deve ser ajustado de acordo com o clima, umidade, altitude, estilo de vida e atividade do indivíduo, e seu estado de saúde.
Sabendo que perdemos em média 2,5 L de líquidos por dia (suor, urina, fezes, exalação), sua renovação é fundamental (por meio da absorção de líquidos e sólidos).

Um bom hábito para tomar e manter !

  • Beba de preferência fora das refeições (pelo menos 20 minutos antes da ingestão de alimentos e pelo menos uma hora após uma refeição, de preferência duas ou mesmo três). Beber muito durante as refeições enfraquece a atividade das enzimas digestivas, enquanto beber depois das refeições faz com que o conteúdo do estômago flua para fora antes da digestão.
  • Beber em grande quantidade pela manhã com o estômago vazio é um bom reflexo para limpar os intestinos e preparar o estômago para alimentos sólidos.
  • Beba à temperatura ambiente ou mesmo ligeiramente fria, mas não fria para não inibir a secreção da enzima no estômago.
  • Você pode adicionar um quarto de colher de chá de sal marinho por litro de água para mantê-lo no corpo.
  • Elimine ou reduza o consumo de diuréticos tanto quanto possível (infelizmente, muito popular entre o público feminino em guerra com quilos extras!). Cafeína e álcool desidratam, assim como refrigerantes e outras bebidas fortemente adoçadas, ricas em todos os tipos de aditivos.
  • Faça pausas regulares para hidratação: um copo de água por hora é uma boa maneira de não ficar desidratado.

Resta saber qual água beber: o assunto é vasto e os debates numerosos. Do ponto de vista da otimização das funções de eliminação do corpo, as águas mais favoráveis ​​são as nascentes fracamente mineralizadas. Infelizmente, o consumo de água engarrafada no mercado levanta outros problemas (componentes tóxicos contidos no plástico, custo, resíduos, etc.)
A água da torneira tem muitos inconvenientes como uma bebida de hidratação satisfatória.

Portanto, beba em grande quantidade, regularmente, escolhendo sua água !

 

Delphine L., naturopathe

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *