Treating stress and anxiety with Gelsemium homeopathy granules

Gelsemium owes its name to Antoine-Laurent Jussieu, the famous French botanist (1748-1836), father of the classification of plants. Jussieu named it so with reference to “gelsomina” which means jasmine in Italian. Anglophones call it “Carolina Jasmin” or Caroline’s jasmine.

Definition of Gelsemium

Gelsemium is a small climbing plant from America and Asia. It knows a certain popularity, but it is not its small yellow and delicate flower which pushes to cultivate it. Indeed, it would possess good medicinal virtues, in particular to fight against the stress. Obtained from the root of the plant, gelsemium is used to fight several ailments such as fever, flu symptoms (body aches, general fatigue, tremors) and stress.

Causes of stress

Stress is a state of tension caused by imbalances of physical, psychological or emotional origins. Identifying the causes of stress starts with observing the way of living. Stress can come from the outside environment: too much pressure at work and overwork, pollution and lifestyle of big cities, etc. Stress can also be linked to an unhealthy lifestyle: consumption of excitants (coffee, tea, sugar), drugs (alcohol, cigarettes, cannabis) and excesses of all kinds (too much fatty and salty foods).

Treating stress with Gelsemium granules

Gelsemium Homeopathy Granules help treat neurological disorders, including states of stress, nervous fatigue or depression. It also facilitates sleep for people suffering from stress accompanied by insomnia. In order to use this homeopathic treatment adequately, it is important to refer to a homeopathic practitioner. The indicative dosage is to take 5 granules in 15 Ch each time the stress is felt during a day. To help sleep, the remedy can be taken in 7 Ch, at the rate of 5 granules at bedtime. Without a mandatory medical prescription, gelsemium can be taken in different ways:

  • In case of acute conditions, it is advisable to take this remedy several times a day until the improvement of symptoms, then gradually reduce the doses gradually.
  • In case of chronic conditions, low dilutions should be preferred (eg 9CH) and taken less frequently: once a day to once a week, or once a month.

It is above all the therapist to correctly prescribe the dosage, depending on the patient and his pathology. Homeopathic tablets of gelsemium are absolutely not toxic. For example, pregnant women can take it without any known risk to the child.

Other homeopathic medicines to treat anxiety and stress

Ignatia Amara 30 CH: medication indicated in case of stress, accompanied by palpitations and spasms: lump in the throat, sobs, abdominal spasms, sighs. When, for example, there is a paradoxical behavior “go from laughter to tears”, or when the patient is improved by distraction. Argentum Nitricum 15 CH: This medicine is indicated when one is agitated, precipitated by his stress. When one would like to have finished before even starting, the patient may present a diarrheal tendency, belching induced by his rush to eat. Staphysagria 15 CH: drug used in subjects with psychosomatic manifestations induced by an emotional disorder, in a context of vexation, failure or injustice (contained anger). If in doubt, do not hesitate to consult a doctor to find the specific symptoms and causes of your stress to obtain appropriate medical advice.

sources

1- http://www.medisite.fr/homeopathie-les-remedes-homeopathiques-anti-stress.800590.88.html 2- http://www.e-sante.fr/contre-stress-reflexe-homeopathie/actualite / 981 3- https://stress.ooreka.fr/astuce/voir/300350/green-gelsemium-green-surgery 4- http://www.onmeda.fr/medecines-douces/homeopathie-stress -anxiete-3179-2.html

1 thoughts on “Treating stress and anxiety with Gelsemium homeopathy granules

  1. Fui diagnosticada com transtorno grave de ansiedade e depressão ligeira + fobia social ligeira. Já sofri de TOC quando criança, pelos 10 anos de idade.
    Nos últimos meses tenho diarreia diariamente, resultante da ansiedade, a diarreia tem-se tornado crónica, surgindo todos os dias de manhã ao acordar, normalmente 1 a 2 evacuações diárias, raramente e no máximo 4 a 5 evacuações nos piores dias. Anteriormente, quase sempre tinha prisão de ventre.
    Neste momento a ansiedade é tanta que tenho dores de cabeça fortes principalmente ao final da tarde, pelas 18h até `as 20h da noite.
    Sinto uma fadiga e cansaço extremo e, por causa das diarreias, penso eu, tenho emagrecido muito em pouco tempo, 7Kg num mes. Tenho tido insónias, recentemente, não consigo adormecer, demoro umas 3 horas por noite para adormecer, o que me está a deixar ainda mais esgotada e nervosa e sem dormir o que preciso, sendo que sou uma pesssoa que precisa de dormir pelo menos 9 horas para me sentir bem durante o dia.
    Os médicos diagnosticaram-me síndrome do cólon irritável há muitos anos (aos 17 anos), mas nos últimos meses, piorou, pois as crises aumentaram. E agora, em vez de sofrer de prisão de ventre crónica com episódios de diarreias acompanhados de cólicas e espasmos fortíssimos, tenho diarreia diariamente há mais de 3 meses, salvo raros dias em que não vou ao wc ou fico presa subitamente, sem alterar a alimentação. As dores agudas acompanhadas de diarreia cessam depois de evacuar as vezes que forem necessárias, nas “crises”, ou seja, quando a diarreia vem acompanhada de dor aguda, tenho também caimbras e suores frios, hipotermia (dura 1h ou mais) e esgotamento, fadiga extrema, cefaleia, tontura, náuseas ou vomitos e muito frio e sono, até costumo dormir umas boas horinhas depois das crises. As crises são raras e penso que andam a ser controladas pelo duspatal retard.

    Comecei a tomar Gelsemium sempervirens 15 CH (5 granulos todas as manhãs repetição da dose durante o dia, se necessário) e sinto melhoras da minha ansiedade crónica e profunda, que, no fundo, é o que despoleta todos os outros problemas (já fiz vários exames, sangue fezes, urina, etc, par descartar problemas orgânicos).
    Deveria aumentar para 30 CH ou aliar ao gelseminum sempervirens algum outro remédio homepático?
    A minha síndrome do intestino/cólon irritável acentua as dores mentruais de que sempre sofri, que são sempre cólicas fortíssimas (costumo tomar buscopan compositum (paracetamol) todos os meses por causa das minhas cólicas menstruais). Em crises, fora do período menstrual, tenho cólicas fortes acompanhadas de fortes e vários episódios de diarreia, sendo que as cólicas cessam após evacuação completa. Durante a evacuação tenho suores frios e hipotermia e um cansaço total, o que requer quase sempre que me aqueça muito, beba água e durma umas horas, até me sentir bem.
    Além das dores de cabeça que a ansiedade profunda de que sofro me causa, também tenho náuseas e cefaleias muito intensas sensação de fraqueza. Não consigo sair de casa sozinha, sinto muito medo disso.
    Qualquer situação que gere ansiedade me deita abaixo. Não gosto de ficar sozinha em casa devido a um assalto no passado. Sou muito proteccionista e obsessiva no que diz respeito ao cumprimento de tarefas, organização e limpeza. Critico as pessoas fisicamente ou mentalmente mais lentas e irrito-me com facilidade com elas ou com desorganização, sou uma pilha de nervos, por mais que tente acalmar-me a ansiedade vence muitas das vezes, o que me faz sofrer imenso.
    Recentemente (1 ano) tive uma perda muito significativa, tenho raiva de certos alimentos da minha família que não me apoiam nem nunca me apoiaram em nada e só cobram a minha atenção e dedicação, por isso posso dizer que tenho tido problemas familiares e emoções negativas reprimidas.
    Tive, ainda, várias desilusões com amigos que do nada desapareceram da minha vida, principalmente um amigo que considerava o meu melhor, em quem confiava totalmente.
    A relação que tenho com a pessoa com quem vivo, o meu marido, é o meu maior suporte e alegria.
    Acrescento ainda que tenho dermatite atópica/ eczema de contacto, nas mãos, alastrando para o pulso/ braço.

    Fico a aguardar resposta que agradeço desde já.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *